Show simple item record

dc.rights.licenseAtribución-NoComercial 4.0 Internacional
dc.contributor.authorOening Rodrigues, Patrik
dc.contributor.authorSegatto Silva, Marcos Antonio
dc.date.accessioned2019-06-25T20:44:12Z
dc.date.available2019-06-25T20:44:12Z
dc.date.issued2005
dc.identifier.urihttps://repositorio.unal.edu.co/handle/unal/22887
dc.description.abstractO estudo teórico e tecnológico de fármacos de liberação prolongada vem se difundido, principalmente nas últimas quatro décadas, o que pode ser confirmado pelo número de trabalhos publicados desde então. Medicamentos de liberação prolongada são utilizados com o objetivo de estender o período de ação farmacológica de uma substância terapéutica e/ou para liberar o fármaco em determinada local do organismo. A liberação estendida melhora a posologia de diversos fármacos otimizando a adesão ao tratamento. No entanto, nem todos fármacos são bons candidatos a este tipo de formulação, devendo este possuir características físico-químicas adequadas. Várias alternativas para o desenvolvimento e avaliação de apresentações de liberação prolongada são disponíveis. O objetivo deste trabalho é apresentar uma revisão acerca dos métodos utilizados na avaliação do mecanismo de liberação de fármacos a partir de sistemas de liberação prolongada. Para tanto modelos de análise dependentes e independentes são apresentados, bem como modelos estatísticos.
dc.description.abstractestudo teórico e tecnológico de fármacos de liberação prolongada vem se difundido, principalmente nas últimas quatro décadas, o que pode ser confirmado pelo número de trabalhos publicados desde então. Medicamentos de liberação prolongada são utilizados com o objetivo de estender o período de ação farmacológica de uma substância terapéutica e/ou para liberar o fármaco em determinada local do organismo. A liberação estendida melhora a posologia de diversos fármacos otimizando a adesão ao tratamento. No entanto, nem todos fármacos são bons candidatos a este tipo de formulação, devendo este possuir características físico-químicas adequadas. Várias alternativas para o desenvolvimento e avaliação de apresentações de liberação prolongada são disponíveis. O objetivo deste trabalho é apresentar uma revisão acerca dos métodos utilizados na avaliação do mecanismo de liberação de fármacos a partir de sistemas de liberação prolongada. Para tanto modelos de análise dependentes e independentes são apresentados, bem como modelos estatísticos.
dc.description.abstractThe theoretical and technological study of controlled release dosage forms has been widely divulged, mainly in the last four decades, as confirmed by number of published works. The purpose of controlled release dosage forms is to increase the pharmacological action period of a therapeutic substance and/or release it on a specific site. The extended release improves the dosage of drugs optimizing the patient compliance. However, only some drugs are good candidates to this objective. Various alternatives for the development and evaluation of controlled release dosage forms are available. The aim of this work is to review alternatives used to evaluate the mechanisms of release and in the quality control of these formulations. Models of dependent and independent analyses are showed.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isospa
dc.publisherRevista Colombiana de Ciencias Químico Farmacéuticas
dc.relationhttp://revistas.unal.edu.co/index.php/rccquifa/article/view/1623
dc.relation.ispartofUniversidad Nacional de Colombia Revistas electrónicas UN Revista Colombiana de Ciencias Químico Farmacéuticas
dc.relation.ispartofRevista Colombiana de Ciencias Químico Farmacéuticas
dc.relation.ispartofseriesRevista Colombiana de Ciencias Químico Farmacéuticas; Vol. 34, núm. 1 (2005) 0034-7418 1909-6356
dc.rightsDerechos reservados - Universidad Nacional de Colombia
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
dc.titleAvaliaã§ã£o in vitro de medicamentos de liberaã§ã£o prolongada: aplicaã§ã£o de métodos estatísticos, modelos dependentes e independentes de análise
dc.typeArtículo de revista
dc.type.driverinfo:eu-repo/semantics/article
dc.type.versioninfo:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.identifier.eprintshttp://bdigital.unal.edu.co/13922/
dc.relation.referencesOening Rodrigues, Patrik and Segatto Silva, Marcos Antonio (2005) Avaliaã§ã£o in vitro de medicamentos de liberaã§ã£o prolongada: aplicaã§ã£o de métodos estatísticos, modelos dependentes e independentes de análise. Revista Colombiana de Ciencias Químico Farmacéuticas; Vol. 34, núm. 1 (2005) 0034-7418 1909-6356 .
dc.rights.accessrightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess
dc.type.coarhttp://purl.org/coar/resource_type/c_6501
dc.type.coarversionhttp://purl.org/coar/version/c_970fb48d4fbd8a85
dc.type.contentText
dc.type.redcolhttp://purl.org/redcol/resource_type/ART
oaire.accessrightshttp://purl.org/coar/access_right/c_abf2


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Atribución-NoComercial 4.0 InternacionalThis work is licensed under a Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0.This document has been deposited by the author (s) under the following certificate of deposit