Show simple item record

dc.creatorGastaldo, Édison
dc.creatorHelal, Ronaldo
dc.date.accessioned2019-07-03T16:04:20Z
dc.date.available2019-07-03T16:04:20Z
dc.date.created2013
dc.identifier.urihttps://repositorio.unal.edu.co/handle/unal/73243
dc.descriptionNeste artigo, propõe-se uma leitura do fenômeno futebolístico contemporâneo a partir da perspectiva do magistral Homo Ludens, obra do pensador holandês Johan Huizinga (1872-1945), originalmente publicada em 1938. Para isso, após apresentar brevemente o autor e sua obra, exploram-se algumas condições de possibilidade de ocorrência do princípiolúdico na contemporaneidade. Para Huizinga, o “espírito do jogo” preside todas as principais manifestações da cultura humana, em todas as épocas e sociedades. Entretanto, este princípio estaria sendo pervertido no mundo moderno, em que o trabalho assumiu aspectos de um jogo (vencer a concorrência, bater o recorde de vendas) e o mundo dojogo assumiu o caráter de trabalho (atletas profissionais, empresários, contratos, patrocinadores, confederações). Como a perspectiva libertária e humanista de Huizinga acerca do jogo pensaria o mundo do futebol contemporâneo? Ou, dito de outra forma, há espaço para uma prática de lazer criadora e humanizante no mundo do futebol?
dc.formatapplication/pdf
dc.publisherUniversidad Nacional de Colombia
dc.relationhttp://revistas.unal.edu.co/index.php/recs/article/view/39668
dc.relation.ispartofUniversidad Nacional de Colombia Revistas electrónicas UN Revista Colombiana de Sociología
dc.relation.ispartofRevista Colombiana de Sociología
dc.relation.ispartofseriesRevista Colombiana de Sociología; Vol. 36, núm. 1 (2013): Sociología del deporte; 111-122 2256-5485 0120-159X
dc.subjectJohan Huizinga
dc.subjectHomo Ludens
dc.subjectesporte moderno
dc.subjectfutebol.
dc.titleHomo ludens e o futebol-espetáculo
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
dc.type.spaArtículo - Article
dc.type.hasversioninfo:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.rights.accessRightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess
dc.identifier.bibliographicCitationGastaldo, Édison and Helal, Ronaldo (2013) Homo ludens e o futebol-espetáculo. Revista Colombiana de Sociología; Vol. 36, núm. 1 (2013): Sociología del deporte; 111-122 2256-5485 0120-159X .
dc.identifier.eprintshttp://bdigital.unal.edu.co/37718/


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record